Raul Thomaz Oliveira do Valle

Natural de Leme, São Paulo, 1936, estudou com Camargo Guarnieri e diplomou-se em sua classe de composição e regência no Conservatório Musical de Santos, em 1973. Foi contratado como professor da UNICAMP em março de 1974. Viajou no mesmo ano para a Europa, onde estudou com Nadia Boulanger, em Paris e com Alberto Ginastera, em Genebra. A partir de 1976 passou a residir em Paris onde estudou com Oliver Messiaen, Pierre Boulez e Iannis Xenakis. Participou de ateliers de criação com John Cage, Andre Boucourechliev, Andrey Eschpay, Ton de Leeuw e outros.

 

Especializou-se em música eletroacústica no Groupe de Recherches Musicales – GRM, com Guy Reibel e Pierre Schaeffer, entre 1976/78. Sua produção inclui várias obras sinfônicas, de câmara e eletroacústicas, além de músicas para filmes, curtas e longas metragens, vídeos, teatro, dança e espetáculos multimídia. Sua obra Estrias IV, para violoncelo, representou o Brasil na 26º Tribuna Internacional dos Compositores, UNESCO, 1979, e foi destaque na Tribuna Internacional de Composição para América Latina e Caribe/TRIMALCA, UNESCO, São Paulo, 1980. Encadeamento, para cinco contrabaixos, representou o Brasil na 28ª Tribuna Internacional dos Compositores – UNESCO, Paris, 1981. Entre seus prêmios destacam-se Prix du Public e Prix de la Critique, do Centro Internacional de Percussão, em Genebra, 1975, com a obra Cambiantes; Prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte/APCA, de 1980, com Contextura, melhor obra sinfônica; Prêmio APCA de 1984, com …Os Ventos Quentes, melhor obra experimental; prêmio candango no XVII Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, filme de curta metragem O Incrível Senhor Blois, de 1981, melhor trilha sonora.

 

Premiações recentes: honorable mention & merit award human and nature relationship, 18º International Wild Life Film Festival – Missoula, MO/USA – 95 e Finalist award – The New York Film Festival – NY/USA – 95 com a trilha sonora Beija-Flor (sinfônica), Especial da EPTV – Campinas/ Rede Globo de Televisão; no mesmo ano, o documentário foi ainda premiado como o terceiro melhor vídeo no Columbus International Film & Vídeo Festival – Ohio, EUA,  foi finalista do Festival International du Film Ornitologique – França; e Japan Wildlife Festival – Japão. Merit Award for Conservation Message – 20º International Wild Life Film Festival – Missoula, MO/USA – 97, com a trilha sonora Encanto das Águas (sinfônica), Especial da EPTV – Campinas/Rede Globo de Televisão.

 

É doutor em música pela UNICAMP e professor titular no Departamento de Música do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas/ UNICAMP. Criou em 1983 o núcleo interdisciplinar de comunicação sonora/NICS e foi seu coordenador de 1983 a 2000. É membro fundador da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea/SBMC; membro fundador da Sociedade Brasileira de Música Eletroacústica/SBME; membro fundador da Academia Paulista de Música e Academia Campineira de Música. Em 1994, passou a ocupar a Cadeira 33 da Academia Brasileira de Música.

 


Interesses de pesquisa

  • Educação Musical
  • Composição Musical

Formação Acadêmica

  • Doutorado – Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, 1996
  • Graduação em Educação Artística – Inst de Artes da Assoc de Ensino de Ribeirão Preto, 1974
  • Graduação em Instrumentação (Piano) – Inst de Artes da Assoc de Ensino de Ribeirão Preto, 1974
  • Licenciatura Plena em Educação Musical – Inst de Artes da Assoc de Ensino de Ribeirão Preto, 1973
  • Graduação em Composição e Regência – Conservatório Musical de Santos, 1973

Obras


Currículo Lattes | FAPESP | Academia

(Visited 96 times, 1 visits today)